Quanto Custa o iPhone 6 nos EUA – Preço do iPhone 6

Pode ser bem mais barato do que no Brasil. Veja quanto custa um iPhone 6 nos EUA.

Em setembro de 2014, a Apple lançou seus dois novos aparelhos: o iPhone 6 e o iPhone 6 Plus. A gigante do setor de comunicações aproveitou e apresentou também outros equipamentos: o novo Apple Watch e o novo iPad. Atualmente, com o dólar em alta, a importação não está tão atraente, mas um iPhone 6, nos EUA, continua saindo bem mais barato.



Quanto Custa o iPhone 6 nos EUA

preço do iphone 6

Comprar um iPhone 6 nos EUA é uma excelente opção especialmente para quem vai viajar para o país do Tio Sam. Os preços em Miami, Orlando, San Francisco, Los Angeles, Nova York e Las Vegas – os principais roteiros de compras dos brasileiros – ficam entre US$ 750 e US$ 950, cerca de R$ 3.000 e R$ 3.800, pela cotação do dólar turismo.

Publicidade

Vale lembrar que os aparelhos são oferecidos com 16, 64 e 128 Gbytes de capacidade (e o preço aumenta de acordo com o espaço disponível para armazenamento). Quem está nos EUA deve ficar atentos, para não adquirir um iPhone 6 ou iPhone 6 Plus bloqueado: estes smartphones, que são oferecidos em lojas físicas e virtuais, só podem ser comprados por cidadãos dos EUA.

preço do iphone 6 no mundo

Preço do iPhone 6 no Brasil

Uma das novidades dos novos aparelhos da Apple são as telas maiores. As lojas brasileiras, um iPhone 6, com tela de 4,7 polegadas, sai a partir de R$ 4.000 na loja oficial. O iPhone 6 Plus, um pouco maior (tela de 5,5 polegadas), a partir de R$ 4.300.

Os preços o iPhone 6 são os seguintes:

  • armazenamento de 16 Gbytes: R$ 4.000;
  • armazenamento de 64 Gbytes: R$ 4.300;
  • armazenamento de 128 Gbytes: R$ 4.600.

Para o iPhone 6 Plus, é preciso desembolsar um pouco mais:

  • armazenamento de 16 Gbytes: R$ 5.200;
  • armazenamento de 64 Gbytes: R$ 5.600;
  • armazenamento de 128 Gbytes: R$ 6.000.

Dicas de viagem

Com o dólar em alta, comprar um iPhone 6 nos EUA tornou-se menos vantajoso, mas continua sendo mais barato do que efetuar a compra no Brasil. Algumas lojas físicas dos EUA oferecem aparelhos com garantia válida aqui no país.

No final de 2014, quando os novos aparelhos finalmente chegaram ao país (a tempo de fazerem a “festa” no Natal), viajar de avião para Orlando, hospedar-se em um hotel de três estrelas por três dias e adquirir o aparelho com dinheiro vivo (para evitar o pagamento do IOF local) saía mais barato – e ainda permitia um pouco de turismo e lazer.

É importante lembrar que os pagamentos “in cash” ou cartões pré-pagos dispensam a cobrança de IOF (de 6,38%, em média, mesma taxa cobrada para saques no exterior), mas cada Estado americano pratica percentuais diferentes de impostos. Portanto, o viajante precisa comprar os valores antes de comprar um iPhone 6.