Quanto Custa um Poço Artesiano – Orçamento, Preço

A crise hídrica de 2014/21015 inflacionou os preços. Confira quanto custa um poço artesiano.

Em primeiro lugar, uma definição é necessária: um poço artesiano é aquele em que a água jorra naturalmente, sem necessidade de equipamentos. Em um poço semiartesiano, é preciso instalar bombas (geralmente submersas, em contato com o manancial de alimentação), para que o líquido seja retirado e possa abastecer residências ou indústrias.



Para uso doméstico, a solução é indicada principalmente para condomínios horizontais e verticais, sempre obedecendo aos recursos hídricos disponíveis na região. Em geral, localidades próximas a rios apresentam mananciais no subsolo (que abastecem os cursos d’água). Caso o aclive seja muito elevado, no entanto, é necessário consultar um especialista.

Quanto Custa um Poço Artesiano?

poço artesiano preço

Publicidade

A escolha do tipo de bomba depende da profundidade em que será instalada e da vazão desejada (uma casa de família requer menos água do que uma empresa de médio ou grande porte). Isto influencia no preço: em São Paulo, por exemplo, um poço artesiano custa R$ 60 mil no interior e até R$ 100 mil na capital.

Segundo o Departamento de Águas e Energia Elétrica, em 2014, mais de 800 licenças foram solicitadas. O Estado possui mais de 27 mil poços artesianos.

De acordo com o Instituto de Pesquisas Hidráulicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), um poço artesiano é uma excelente opção para o abastecimento público.

Todos os que já tiveram dificuldades para captar água da rede pública já lançaram mão deste recurso. E, mesmo com o aumento dos índices pluviométricos, que está aumentando os níveis dos reservatórios, um poço artesiano custa mais barato do que os valores registrados nas contas de consumo.

Seja como for, um poço artesiano é sempre uma solução pontual (não pode ser adotado em grande escala), para famílias, grupos e empresas de médio porte. O estudo da instalação precisa ser muito bem planejada: do contrário, pode poluir um lençol freático ou captar água de má qualidade.

Quem pode construir poço artesiano?

Qualquer terreno que possua espaço para a instalação de um poço artesiano (e do estacionamento para os caminhões que transportam as máquinas) pode construir e garantir um recurso extra contra a escassez de água. O custo da construção é pago em dois ou três anos.

No entanto, é obrigatório obter a licença do órgão responsável pela gestão dos recursos hídricos. Tudo depende, no entanto, da geologia do local. Em terrenos muito íngremes, a solução mais econômica pode ser a captação de águas da rede pública.

O custo de um poço artesiano varia de acordo com a instalação. Uma cisterna (poço raso ou caipira) capta águas mais próximas da superfície e é mais indicado para regiões rurais. Um poço semiartesiano oferece uma produção mais uniforme, sendo indicado para áreas urbanas.

Em muitos casos, um poço artesiano ou semiartesiano não encontra fontes potáveis. Nestes casos, é necessário instalar também filtros especiais – e o custo pode variar entre R$ 20 mil e R$ 40 mil. O ideal é consultar uma empresa idônea e certificar-se de que ela seja certificado no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *