Quanto Custa um Quarto de Bebê – Decoração e Móveis

Isto depende dos desejos e disponibilidade financeira dos pais. Confira quanto custa um quarto de bebê.

Com a notícia da gravidez, começam os planos: enxoval, brinquedos e a decoração do quarto do bebê. O investimento, no entanto, pode ser alto, especialmente para quem não está acostumado a fazer um planejamento prévio. O ideal é começar a montar o quarto do bebê com antecedência, para encontrar pechinchas, inclusive com a compra de móveis usados.



Os preços de um quarto de bebê variam bastante, e não apenas em relação à qualidade dos móveis e objetos a serem adquiridos. Muitas lojas cobram mais caro simplesmente por serem de “grife”. É evidente que ninguém quer comprar um berço desconjuntado, nem guardar as roupinhas do novo herdeiro em um caixote de papelão.

No entanto, a menos que o dinheiro não seja problema (o que não é a realidade da imensa maioria das famílias brasileiras), é preciso conferir as despesas – inclusive, se for o caso, para investir as economias em novas aquisições, como brinquedos, por exemplo.

Publicidade

quarto de bebê

Quanto Custa um Quarto de Bebê?

Pesquisas de sites de defesa do consumidor indicam que os preços dos móveis básicos do quarto de bebê podem ser até 42 mais caros. Por exemplo, nove itens básicos custam entre R$ 1.300 e R$ 18.600. Os itens pesquisados foram os seguintes:

  • berço: de R$ 200 a R$ 3.000;
  • bolsa do bebê (para carregar fraldas, mamadeiras, etc.): de R$ 20 a R$ 700;
  • carrinho de passeio: de R$ 140 a R$ 6.000;
  • banheira: de R$ 90 a R$ 710;
  • cômoda ou armário para o enxoval, roupas de cama e banho e brinquedos: de R$ 170 a R$ 4.500;
  • poltrona de amamentação: de R$ 350 a R$ 500;
  • trocador de fraldas: de R$ 30 a R$ 140;
  • babá eletrônica: de R$ 10 a R$ 1.800;
  • móbile: de R$ 30 a R$ 400 (e pode ficar ainda mais barato, se for feito em casa).

quarto de bebê móveis

Planejar quarto de bebê

O resultado do exame de urina é positivo, o médico ginecologista está escolhido e o pré-natal (fundamental para evitar más surpresas) já está agendado. É hora de começar a planejar o quarto do bebê – e a divulgar a gravidez entre parentes e amigos, para garantir muitos presentes.

Inicialmente, é necessário escolher produtos e referências visuais, cores (não é necessário saber o sexo do bebê – muitos móveis e acessórios podem vir em cores neutras, que servem para meninos e meninas). Muitos sites oferecem boas opções para guiar os futuros pais. As redes sociais também mantêm grupos para troca de ideias, na hora de preparar um novo cômodo, ou mesmo um cantinho aconchegante ao lado da cama de casal.

quarto de bebê preço

Com o desenvolvimento da gestação, é necessário formar preços e excluir itens supérfluos, mas, se a ideia é fazer uma decoração mais sofisticada, é preciso pensar nos prazos para fazer um teto especial e alterar a iluminação, por exemplo. Se forem necessárias muitas reformas (estruturais, de pintura, piso, etc.), o ideal é contratar ao menos um empreiteiro e um decorador.

Na metade da gravidez, é hora de começar a decorar o quarto do bebê. No quinto mês, praticamente todas as mulheres já sabem se terão um menino ou menina e isto influencia bastante na decoração. Móveis de apoio (trocador, cômoda, armário, etc.) já podem ser adquiridos e, quem sabe, um berço de família pode receber uma restauração.

No último terço da gravidez, é importante pensar nos acessórios: brinquedos, luminárias, bichinhos de pelúcia. O abdômen aumenta bastante é a disposição para “botar a mão na massa” se reduz na mesma proporção. O nono mês deve ser reservado para as últimas providências, preparar a bagagem de maternidade e curtir a aproximação do parto.

+ Confira: Quanto Custa uma Abdominoplastia – Fotos Antes e Depois, Preço

quarto de bebê decoração

Um comentário em “Quanto Custa um Quarto de Bebê – Decoração e Móveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *