Quanto Custa Viajar pela América do Sul – Mochilão e Hotéis

O subcontinente é formado por 12 nações independentes. Veja alguns roteiros para viajar pela América do Sul.

A América do Sul é um verdadeiro mosaico: banhada pelos oceanos Atlântico e Pacífico, também pode ser o destino dos apaixonados pelo frio: o sul da Patagônia (Chile e Argentina) recebe as águas do mar Glacial Antártico.



O subcontinente apresenta floresta equatorial, caatinga, cerrado, pantanal, deserto (Atacama, Chile) e montanhas (os Andes, cordilheira que se estende da Patagônia à Venezuela).

Portanto, são muitas as opções de turismo. Entre os países do MERCOSUL (os membros plenos são: Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela), não há necessidade de passaporte para viajar pela América do Sul: basta um documento de identidade com foto recente. Os demais países copiaram a iniciativa do mercado comum e também dispensam passaporte e visto, com exceção das Guianas.

Publicidade

destinos américa do sul

Roteiros Imperdíveis na América do Sul – Preços

Para entrar no clima sul-americano, nada melhor do que explorar os diferentes cenários. As viagens são baratas (utilizando transporte rodoviário, viajar pela América do Sul custa entre R$ 1.000 e R$ 4.000 por 20 dias de férias) e existe sempre a possibilidade de ampliar o passeio.

bariloche

Argentina e Uruguai

É o destino ideal para os cosmopolitas. Montevidéu (capital uruguaia) e Buenos Aires (capital argentina) esbanjam charme e estão repletas de pontos turísticos e excelentes possibilidades gastronômicas. Conhecer as duas cidades na mesma viagem depende apenas de um passeio de barco pelo rio da Prata, que banha as duas capitais, passando por Sacramento, a meio caminho das metrópoles.

Na Argentina, é possível conhecer Mendoza (aos pés dos Andes, onde há excelentes vinícolas e é possível subir a montanha até o primeiro acampamento dos alpinistas), Bariloche (quase na fronteira com o Chile, banhada por diversos lagos formados pelo gelo andino, ideal para a prática de esportes de inverno) e até aventurar-se em Ushuaia, “a cidade do fim do mundo”, assim conhecida por ser a cidade mais meridional do planeta.

santiago chile

Para aventureiros

Interessados em conhecer a cultura pré-colombiana podem viajar para Santiago. O preço das passagens aéreas gira em torno de R$ 200 (trecho de São Paulo até a capital chilena). Depois de um giro pela cidade, fundada em 1541, o ideal é tomar um ônibus até Cuzco, na Bolívia, antigo centro do Império inca.

O solo sagrado de Machu Picchu não pode ficar de fora: são ruínas de mais de 500 anos, mas é preciso estar em forma para vencer os aclives. No caminho, o salar de Uyuni, a maior planície de sal do mundo, atrai a atenção dos turistas.

Em seguida, um passeio de barco pelo lago Puno (na fronteira com o Peru) revela construções antigas que foram alagadas. A viagem pode seguir até o Equador, uma verdadeira colagem que reúne floresta Amazônica, montanhas dos Andes e as praias de Lima. A excursão dura entre 24 (de carro ou ônibus) e 36 horas (de trem). Esta viagem pela América do Sul custa menos de R$ 2.000, com todas as despesas incluídas (com exceção das compras).

machu pichu

Rumo ao norte

Colômbia e Venezuela estão cheias de atrativos: são uma mescla das culturas indígenas e da influência dos conquistadores espanhóis. Entre Bogotá (Colômbia) e Caracas (Venezuela), são 12 horas de ônibus ou duas horas de avião. A viagem rodoviária custa R$ 400 e a aérea, R$ 850.

Também é possível fazer o trajeto de Cartagena e Caracas, passando por diversas localidades banhadas pelo oceano Pacífico e o mar do Caribe. É preciso fôlego: com as paradas em Barranquilla, Santa Marta, Maicao (Colômbia), Maracaibo, Barquisimeto e Valência (Venezuela), a viagem pode ocupar um dia inteiro.

los roques

Diversas operadoras de viagens oferecem roteiros para os principais destinos internacionais da América do Sul. Nos caminhos, os turistas se encontram com mochileiros, adeptos da Nova Era, hippies e viajantes de luxo. Escolha o roteiro de acordo com os seus recursos e descubra localidades fantásticas e ainda pouco exploradas comercialmente.

Um comentário em “Quanto Custa Viajar pela América do Sul – Mochilão e Hotéis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *